Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Disclaimer:

O Capuchinho Vermelho e o Lobo Mau são personagens fictícios. Espero que o lobo mau não fique chateado por representar nesta história a Fnac Online. Afinal de contas, ele apenas se limitou a comer a avozinha e ainda por cima no final devolveu-a intacta apenas com uns restos de baba e fluidos estomacais.

 

Era uma vez há muito, muito tempo (há 1 mês atrás precisamente), um Capuchinho Vermelho que gostava muito de macs. Ele eram iMacs, iPods, iPhones, iPads, iSights, macbooks, macminis, airport express, time capsules e muitos muitos outros brinquedos com que brincava no seu quintal. O Capuchinho era tão fã dos seus iBrinquedos que já tinha convertido quase toda a família Capuchinho a este passatempo. Eram tantos os objetos que já falavam mesmo em fazer um museu.

 

Certo dia, o macbook do filho Capuchinho cedeu aos calores do verão e caiu enfermo. Já nem as aspirinas ou os desfibrilhadores podiam salvar o pobre macbook. Eis senão quando, o Capuchinho Vermelho decide oferecer à sua prole o seu todo poderoso mac e comprar um novíssimo iMac. Já tinha nome e tudo. Seria o iMac Terceiro seguindo a linhagem dos anteriores (um deles já peça de museu).

 

Nesse preciso momento, a loja do Lobo Mau apresentava a sua novíssima campanha de iMacs com um interessante desconto. O Capuchinho conhecia bem a Loja do Lobo Mau. Diz a lenda que já lá tinha gasto dinheiro suficiente para comprar uma casinha nova à avó que vivia no campo. Num ápice, animado com a perspectiva de adicionar um novo membro à família de brinquedos, o Capuchinho voa para uma cadeira de cartão VISA em riste, abre a tampa do seu glorioso macbook pro e com um misto de ânsia e emoção abre a página da famosa promoção da loja do Lobo Mau.

Os olhos brilhavam enquanto percorria a interminável lista de iMacs fresquinhos a pedir para serem comprados. Havia tanto por onde escolher. A cada movimento dos olhos aparecia um melhor e mais poderoso, com um extra qualquer que faria certamente toda a diferença. Após muita indecisão, lá se ficou por novíssimo iMac i7 de 27 inchas (uma incha é uma polegada na terra dos capuchinhos), Fusion Drive e placa gráfica extra super mega duper. Com a promoção de 20% do Lobo Mau aquilo ficava caro mas o Capuchinho já sabia que iria ser assim. 

 

Confiante, copia os dígitos do seu cartão para o site e...

 

 

Boom!  - Amanhã enviam aquilo para uma das lojas do Lobo Mau e eu vou lá buscá-lo. Mesmo a tempo do meu aniversário! Yupii - pensou o Capuchinho.

Durante a noite, enquanto o Capuchinho sonhava com a Fusion Drive e a placa gráfica rapidíssima, o Lobo Mau esfregava as mãos de contente.

Dizem por aí que de cada vez que o Lobo Mau debita um cartão VISA se ouve o som de uma máquina registadora: "catchim!". Os vizinhos nem devem ter dormido. Aposto que os 3 porquinhos acordaram cheios de dores de cabeça nessa noite.

 

 

O dia finalmente chegou e do Lobo Mau, nem notícias. A única atividade que o Capuchinho vira acontecer fora o débito do seu cartão VISA. É reconfortante verificar que a loja está muito bem organizada - disse para si mesmo. A logística deles deve ser do mesmo calibre. Certamente demoram mais um ou dois dias a processar aquilo na loja e não tarda nada ligam-me para ir buscar o iMac - pensou. 

 

Chegou o dia 10, ensolarado como os anteriores. O iPhone do Capuchinho sempre ao seu lado, à espera do telefonema do Lobo Mau. E nada… Intrigado, recorre de novo ao seu macbook pro e acede ao site da loja. Não queria acreditar. Então não podiam entregar os artigos? Nem uma explicaçãozinha? Um pedido de desculpas? "Ah, o caçador andou por aqui e o Lobo Mau teve de fugir para Paris mas já volta". Qualquer coisa?

 

 

Impaciente, o capuchinho contacta a Loja do Lobo Mau para obter explicações. 

- O que se passou? Há algum problema? Olhe que o meu aniversário já foi ontem! Então e o meu brinquedo senhores?

 

 

 

- Não! Não! Um erro de sincronização? Mas a loja é tão profissional, tão perfeita. Até me debitaram logo no VISA! - gritou o Capuchinho. 

O Capuchinho passou de vermelho a roxo. Quatro semanas! 672 horas! Quarenta mil, trezentos e vinte minutos! Co'a breca! Maldito lobo mau. 

 

Como evitar o desgosto? Como chegar a casa e olhar para o espaço vazio na secretária? A mesma secretária que dias antes fora cuidadosamente limpa e organizada para receber o novo brinquedo. Os cabos devidamente alinhados, a UPS a postos. Estava tudo previsto. Era só desembalar, ligar e esperar pelo reconfortante "tchaaaaaaam!".

 

Nos dias que se seguiram, o Capuchinho nem queria entrar no escritório. Onde antes reluzia a secretária em vidro acabada de limpar, viam-se agora restos de cartas, panfletos, contas a pagar e chávenas de café. 

 

Persistente, o Capuchinho decide manter a encomenda mas faz uma ressalva:

 

 

 

 

 

E pronto. Do mal o menos, pedem desculpas e garantem até 13 de Setembro - pensou. Esperemos até lá.

Os dias passaram. O Capuchinho deixava o macbook pro no trabalho enquanto em casa recorria a um velho macbook branco, a "Marmita" para consultar de vez em quando as novidades da loja do Lobo Mau. Chegou mesmo a pensar mudar-lhe o nome. Já não seria o "iMac Terceiro" mas "iMac Sebastião", o desejado.

 

E eis-nos chegados ao dia 8 de Outubro. Fazia exatamente 1 mês desde que o Capuchinho começara a sua odisseia. O iPhone toca "No caller ID". Do outro lado, uma voz calma identifica-se como sendo da Fn**, digo da Loja do Lobo Mau. Levanta-se, já sorridente, antecipando a boa nova. O Desejado chegou finalmente - gritou incontido!

Do outro lado, a voz continuou, "lamentamos informar mas não nos vai ser possível entregar a sua encomenda pois o produto foi descontinuado".

Enquanto ouvia incrédulo, o Capuchinho senta-se devagar. A sua orelha aquece. Os olhos fixam a letra F num cartaz na parede. É o F da fúria. A educação dos Capuchinhos impede-o de usar a letra F para invectivar a mãe o seu interlocutor. 

Este, continua: "propomos-lhe entregar um outro equipamento equivalente ou até melhor que vem substituir o anterior. Mas terá de aguardar pois o prazo de entrega é de 2 a 4 semanas".

A fúria dirigida à loja do Lobo Mau mistura-se com pena do pobre mensageiro titubeante. De nada serviria humilhá-lo ainda mais. É triste a história dos mensageiros. Que o digam os da Roma antiga quando traziam más notícias. "Ave Cesar. Trago-lhe más novas. O seu iMacum não veio mas temos um iMacorum alternativo se quiser aguardar pelos idos de Novembro". 

Vade retro! Quero falar já com o seu centurião! O Capuchinho exige falar com alguém responsável da loja. Alguém cujos denários e sestércios que leva para casa justifiquem um bom puxão de orelhas.

 

A centuriona responsável liga repetindo a ladainha. Avisa que a chamada será gravada para controlo de qualidade. O Capuchinho acede com agrado. "Que fiquem gravadas as minhas palavras" - diz. Que isso sirva para efetivamente saberem que "qualidade" não é termo adequado à loja do Lobo Mau. Antes a incompetência e a irresponsabilidade. São muitas as palavras começadas por "i" que o Capuchinho usa para caracterizar o serviço da loja do Lobo Mau; mal sabia ele que o i do iMac era uma delas.

 

A responsável continua: "se quiser, pode manter a encomenda. Em vez do que encomendou, iremos entregar-lhe um produto novo que vem substituir este".

Mas que produto é esse - pergunta o Capuchinho - quais as suas características?

 

A voz responde: 

- Não sabemos ainda. A Apple ainda não nos disse. Apenas nos diz que não pode entregar o que foi encomendado pois encontra-se descontinuado.

E conclui:

- Será necessário fazer nova encomenda à Apple e aguardar 2 a 4 semanas

 

O Capuchinho, já para além da raiva conclui:

- A senhora, no dia em que me iriam entregar a encomenda com 4 semanas de atraso, propõe-me aguardar mais 2 a 4 semanas por um produto novo cujas características desconhece. A senhora diz-me que só agora foram informados de que a Apple não pode enviar o que supostamente encomendaram há 4 semanas e quer que eu aceite uma troca por algo que não é capaz de descrever enquanto o meu cartão VISA foi debitado há 1 mês?

 

Mais triste do que enraivecido, o Capuchinho cancela a encomenda enquanto desabafa com os seus botões.

O estado a que chegaram a Loja do Lobo Mau e por arrasto a Apple em Portugal. Não é mau. É "rasco". Muito rasco. É pobre, pálido e patético.

 

 

 

À Loja do Lobo Mau fica o conselho: dediquem-se aos DVDs, PCs e outras tecnologias moribundas e deixem lá essa "coisa" da Apple em paz e sossego. 

À Apple fica outro: se estes são os vossos "agentes" no terreno, mais valia ficarem quietinhos e obrigarem-nos a ir comprar macs a Badajoz. Ficávamos todos mais bem servidos e com a vantagem de encher a bagageira com uns sacos de caramelos.

 

Update 10 de Outubro:

O valor não foi ainda devolvido. O Capuchinho ligou para a loja do Lobo Mau que fala em 5 dias úteis para a reposição do valor em causa.

It never ends...

 

Update 14 de Outubro:

Finalmente o valor aparece creditado no VISA.

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Bruno Martins a 11.10.2013 às 11:06

Espero que não te aconteça o mesmo que a mim numa situação similar em que também houve uma falha de sincronização. Estive cerca de 6 meses para reaver o dinheiro que tinha pago. Mas isto já foi há uns 8 anos
Sem imagem de perfil

De Filipe a 17.10.2013 às 12:05

Olá
Não é por nada
Mas não teria sido mais fácil dirigir-se a uma loja de modo a efectuar a compra e trazer logo o macbook para casa, nesse mesmo dia?

Sinceramente há coisas que não percebo.

Só se havia uma promoção online ou um link de afiliado à mistura. O resultado já nós vimos qual foi. As promoções às vezes saem caras!


Imagem de perfil

De Eduardo a 17.10.2013 às 12:49

Olá, sim seria muito mais fácil se o produto existisse na loja.
Esta configuração era exclusiva da FNAC Online e não estava disponível em loja.
Sem imagem de perfil

De Rita Oliveira a 25.10.2013 às 10:48

Tem todas as bases para exigir que lhe creditem os juros relativos ao dinheiro que eles retiveram indevidamente durante essas semanas.
Sem imagem de perfil

De Vera a 19.11.2013 às 14:15

Opá que azar só vi este post hoje, já recebi 3 mensagem da fnac a lamentar o atraso no envio, por este caminho depois do natal recebo a encomenda, scheisss :(
Sem imagem de perfil

De Joao a 20.11.2013 às 00:11

Custa a crer nestas situações.
Mas a verdade é que já trabalhei numa parte comercial onde lidava diretamente com a Apple. E a verdade émque sao de trato dificil e com informações as vezes contraditórias.
Não desculpa a atitude da fnac quee deveria ter sido muito mais cuidada, no entanto divide a culpa pelos dois. :-)
Imagem de perfil

De Eduardo a 20.11.2013 às 00:39

Não duvido. Aliás sei que a Apple é de trato difícil sobretudo quando há problemas. Mas a FNAC não se pode escusar perante o cliente desta forma. Ou lhes interessa manter a marca, ou não.

No mínimo e sabendo que corriam esse risco, ter-me-iam mantido informado atempadamente das demarches feitas para garantir a entrega.

Enfim... É um problema que não volto a ter com a FNAC pela certa :)
Sem imagem de perfil

De Carlos Aboim a 20.11.2013 às 09:52

Amigo Eduardo,
Compreendo perfeitamente a sua indignação, acho inclusive que deve como foi sugerido num outro comentário pedir a devolução dos juros a que tem direito. Mas enfim, eu quando preciso de comprar alguma coisa online, e é um hábito já algo recorrente, para muitos tipos de artigos que adquiro, desde electrónica a desporto, recorro sempre a compras pelo ebay por exemplo. Não tenho tido qualquer dissabor com essas transacções. Tenho sempre em tempo real a situação da minha encomenda, e ainda posso dar avaliações sobre a 'performance' dos intervenientes, e outras 'ferramentas' para lidar online com as situações mais adversas, por exemplo as devoluções.
Assim aconselho a que passa a fazer como eu e compre ou directamente nos sites dos fabricantes, da Apple no caso, ou através do ebay e outro como a Amazon, onde tem uma eficiência e eficácia muito acima de qualquer Fnac. Boas compras!!
Sem imagem de perfil

De Luis P a 27.11.2013 às 15:55

Também já me aconteceu, com um telemóvel.
Jurei (e cumpri) para nunca mais comprar coisas na Fnac online.
No meu caso a disponibilidade do produto era 24 horas e nem avisaram. Tive que ligar, várias vezes. Ao fim de um mês e meio cancelei a encomenda. recebi o dinheiro de volta cerca de um mês depois disso.

Comentar post








Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D